Plano de saúde deve fornecer tratamento para câncer de ovário

Está querendo saber se o plano de saúde deve fornecer tratamento para câncer de ovário? Então leia esse artigo até o final.

Neste artigo você vai ficar sabendo como obrigar o plano de saúde a fornecer o tratamento que você precisa.

Por que o plano de saúde tem obrigação de fornecer o tratamento?

Primeiramente, entenda que, se o plano de saúde tem cobertura para a doença, deve fornecer tratamento para o câncer de ovário. E estamos falando em fornecer TODO o tratamento necessário.

Além disso, o plano de saúde pode, apenas, escolher para quais doenças terá cobertura, mas, nunca, jamais, determinar qual será o tratamento escolhido, pois essa é uma decisão única e exclusivamente do médico que acompanha o paciente. É assim que o judiciário tem decidido!

O que você vai precisar para obrigar o plano de saúde a fornecer seu tratamento?

De forma muito simplificada, abaixo listamos os três principais documentos que você precisará ter, sendo eles:

  • Relatório médico detalhado;
  • Negativa expressa da operadora do plano de saúde;
  • Em caso de medicamento, 3 (três) orçamentos de farmácias diferentes do medicamento prescrito.

De posse dessa documentação o que pode ser feito?

Ainda que você tenha recebido a negativa de tratamento do plano de saúde, se o seu médico indicou o tratamento, saiba que, judicialmente, existe possibilidade de reverter essa negativa.

Em primeiro lugar, é preciso solicitar que a negativa de tratamento ou de cobertura seja formalizada por escrito, com o motivo pelo qual houve a negativa.

Afinal, as operadoras de planos de saúde são obrigadas a informar ao beneficiário o motivo da negativa. Assim que, essa informação dever ser detalhada e em linguagem clara, conforme Resolução Normativa da ANS.

Ainda, além da negativa de custeio por escrito, o relatório detalhado do médico que prescreveu o tratamento é um documento de extrema importância.

Entretanto, se você necessita de algum medicamento de alto custo, é preciso ter três orçamentos de farmácias diferentes do medicamento prescrito. Dessa forma, irá comprovar que o medicamento possui alto custo.

Tenho a documentação. Como devo proceder?

Desta forma, de posse dessa documentação e com a ajuda de um escritório de advocacia especializado no Direito Oncológico, você poderá obrigar o plano de saúde a fornecer seu tratamento.

Portanto, tenha em mente que o advogado especialista é quem tem a expertise técnica sobre a área de atuação. Afinal, um especialista aumenta significativamente as chances de êxito.

Além do mais, você não vai querer deixar o destino do seu tratamento nas mãos do plano de saúde, que só visa o lucro, muito menos nas mãos de um profissional que não é da área e não saberá a melhor forma de conduzir o caso, certo?

Oliveira Advocacia é especializada em ações judiciais que visam o fornecimento de tratamento a pacientes com câncer de ovário.

Ao contrário do que se pensa, o processo é rápido e menos burocrático do que se imagina.

Se você ficou com alguma dúvida, clique no botão do WhatsApp e fale conosco.

Conte conosco nessa luta! Juntos, fazemos a diferença!

Caso tenha ficado com alguma dúvida e queira mais informações, entre em contato conosco clicando no botão do WhatsApp.

Atendemos em todo o país, de forma 100% digital, buscando agilidade e eficiência no atendimento.  Juntos, fazemos a diferença!

Para saber mais sobre nossa atuação clique aqui.

Siga nosso Instagram clicando aqui.

Artigo elaborado por Oliveira Advocacia – OAB/RS sob o nº 12.505 – Somos Especialistas em demandas relacionadas ao Direito à Saúde, atuando exclusivamente em prol dos direitos dos pacientes. Nosso escritório está localizado em Porto Alegre/RS, mas atendemos em todo o Brasil.

Esse artigo possui caráter meramente informativo.

Contato: (51) 3030-7800 | (51) 9.8127-2290

Para saber mais sobre nossa atuação, clique aqui.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Precisando de ajuda?