SUS é obrigado a fornecer Herceptin (Trastuzumabe)

Descubra agora se o SUS é obrigado a fornecer Herceptin (Trastuzumabe). É só continuar lendo este artigo até o final.

Porém, se deseja saber como conseguir o medicamento Herceptin (Trastuzumabe) pelo plano de saúde clique aqui.

SUS tem obrigação de fornecer Herceptin (Trastuzumabe)

Primeiramente, saiba que Herceptin (Trastuzumabe) é um medicamento de alto custo, utilizado para o tratamento do câncer de mama e o valor de uma caixa pode chegar a R$14 mil reais, o que dificulta para o paciente adquirir por conta própria e realizar o tratamento oncológico.

Apesar do medicamento ser de alto custo, é possível obter o medicamento através do SUS.

Portanto, se o médico que lhe assiste, prescreveu o tratamento, o SUS deve fornecer.

Requisitos para conseguir Herceptin (Trastuzumabe) pelo SUS

Antes de mais nada, é necessário cumprir alguns requisitos para conseguir Herceptin (Trastuzumabe) pelo SUS. Veja os requisitos abaixo:

  • relatório do médico que lhe assiste, indicando porque o medicamento é essencial ao seu tratamento e que não existe outro medicamento disponível no SUS para o seu caso, ou que todos os medicamentos já foram utilizados, sem eficácia;
  • incapacidade de arcar com os custos do tratamento;
  • solicitação administrativa e negativa (secretaria de saúde do seu Município ou Estado);
  • 3 orçamentos em farmácias diferentes do medicamento;
  • advogado especialista em direito oncológico.

Assim, cumprindo com esses requisitos, é possível conseguir o medicamento pelo SUS, através de ação judicial com pedido liminar.

O médico que lhe assiste prescreveu esse medicamento?

Em primeiro lugar, faça a solicitação diretamente na secretaria de saúde do seu Município ou Estado. Se o SUS demorar mais de 5 (cinco) dias para lhe dar retorno sobre a solicitação, entre em contato novamente, seja por e-mail, telefone ou presencial.

Mas não se esqueça de guardar o comprovante de sua solicitação.

Desde que você tenha como comprovar que solicitou e houve a negativa, pode ser por meio de protocolo da ligação telefônica, anotando a data, horário da ligação e nome do atendente, print de conversa no celular ou a negativa por escrito.

Tenho o laudo médico e recebi a negativa. Como proceder?

Agora, com a ajuda de um escritório de advocacia especializado no Direito Oncológico, você poderá obrigar o SUS a fornecer o seu tratamento.

Somos especializados em ajudar pacientes a obterem seu tratamento, revertendo negativas abusivas através de ação judicial com pedido liminar.

A importância do advogado especialista em Direito Oncológico

Tenha em mente que o advogado especialista é quem tem a expertise técnica sobre a área de atuação. Um especialista aumenta significativamente as chances de êxito.

Afinal, você não vai querer deixar o destino do seu tratamento nas mãos do SUS, com filas de espera que nunca acabam, muito menos nas mãos de um profissional que não é da área e não saberá a melhor forma de conduzir o caso, certo?

Caso tenha ficado com alguma dúvida e queira mais informações, entre em contato conosco clicando no botão do WhatsApp. Atendemos em todo o país, de forma 100% digital, buscando agilidade e eficiência no atendimento. Juntos, fazemos a diferença!

Veja nosso Instagram clicando aqui.

Artigo elaborado por Oliveira Advocacia – OAB/RS sob o nº 12.505 – Somos Especialistas em demandas relacionadas ao Direito à Saúde, atuando exclusivamente em prol dos direitos dos pacientes. Nosso escritório está localizado em Porto Alegre/RS, mas atendemos em todo o Brasil.

Esse artigo possui caráter meramente informativo.

Contato: (51) 3030-7800 | (51) 9.8127-2290

Para saber mais sobre nossa atuação, clique aqui.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Precisando de ajuda?